31 de dez de 2013

Nostalgia de viagem! 3/3


Ufa! Consegui terminar minha Nostalgia de viagem (confira a parte 1 e 2) antes do ano-novo pra fechar a melhor viagem do ano. Pra quem não sabe, eu pego algumas fotos do meu instagram que postei durante a viagem para descrever um pouco mais do dia, ou do momento. Para fechar 'a série', AS 7 últimas!


17. Fui com a Luisa para a Dundas Square — praça da maior rua do mundo — tirar fotos de look do dia para aproveitar os minutinhos vagos antes do school bus sair e levar mais de 150 cabeças para um festival de Jazz, que não era só jazz. Foi a primeira vez que resolvi usar minha instax fora do quarto (onde tirei uma foto de teste) e não tem lugar mais especial para testá-la do que ali. Nos corredores da residência, já não estava me aguentando. Tive que pelo menos postar uma no instagram. Andando até a praça, pude ver minhas colegas pouco humildes me encararem com cara de desprezo da cabeça aos pés, mas o engraçado é que passei a rir na cara do desprezo de certas pessoas. Corremos. E começaram os cliques. O lugar é fantástico para fotos e qualquer coisa. Fora que canadenses enfiam na frente da câmera (ou atrás de você) para aparecer na foto. Da última vez, até achei engraçado e guardei a foto. Mas no momento, look do dia 'é coisa séria' e não tive muita paciência. Luisa tira minhas fotos, eu tiro foto fotos dela. Até ela perceber que estava usando o crachá com a chave (cartão) do quarto o tempo todo e tive que refazer. Mas o mais legal foi a hora de usar a câmera. A Lu tirou uma foto minha na praça, mas eu queria uma nossa. Encaramos um sujeito que carregava uma câmera profissional enorme de lente potente (pensamos: 'esse parece entender como tirar foto') e pedimos ajuda. Simpático, ele foi tirar uma foto. Detalhamos o máximo sobre o ângulo dela, porque com o preço do filme, não dá para desperdiçar, né? Observei a foto levantar antes dele afastar a câmera do rosto. "Deixa só eu tirar outra pra garant..." "NÃO, NÃO PRECISA", hahah! Aí fomos explicar para ele que é uma câmera instantânea e uma era o suficiente. Voltamos correndo para pegar o ônibus para o festival de rua.

18. Nada mais americanizado (américa-do-norte-izado) do que grupinhos na escola conversando em frente aos armários. Tá legal que não os alugamos. Só tínhamos um livro e poucas tranqueiras para carregar! Mas andávamos por lá (brasileiros, espanhóis, russos, etc) como se realmente fôssemos canadenses. E reuníamos como se estudássemos lá de verdade. E todos os armários lá eram 'reais'. Usados por 'alunos reais', que estavam nas férias de verão. A vontade de escrever recados e colocar em vários armários foi imensa! E foi apaixonante reunir tanta gente que eu gosto em um lugar tão legal. E essa foi a última vez que consegui todo mundo assim. Passaram uns cinco meses e ainda me vejo andando por aqueles corredores.

19. Eu realmente fiquei tão obcecada por Tim Hortons que toda vez que passava em frente a um, precisava entrar e comprar um capuccino (French Vanilla) e um donut. Tinha um bem na esquina da escola em que eu estava estudando, mas no final da viagem, entrou em reformas. O que aconteceu? Todo mundo migrou para o Starbucks. O que eu fiz? Uma vez fui no Starbucks, fiz 'eca' e saí correndo todos os dias desde então para um Tim Hortons que tinha a meio quilômetro de distância. Ou não era tanto, não faço a menor ideia. Mas nós, reles intercambistas, tínhamos um perímetro, que era da residência até o Eatle Center (shopping). Mas eu sou hardcore e quebrei esse perímetro algumas vezes (e, de vez em quando, arrastava alguém na minha rotina fora-da-lei), e em uma dessas vezes, vi um Tim Hortons mais longe, na Yonge Street. Foi excelente lembrar desse lugar, correr para lá nos intervalos das aulas e enfrentar um pouquinho de fila. Por uma boa causa, lógico. A fartura em primeiro lugar.

20. Último dia. Dia de caminhar sozinha pelos corredores já vazios, choramingar um pouco, ter saudades adiantadas de lá. Tirei essa foto (aliás, já excluí ela do meu instagram) como última selfie no Canadá. Aliás, na sala de aula também. Foram-se minhas amigas brasileiras, foram-se meus amigos gringos, foi-se minha diversão. Acabava conversando com meu professor mesmo. Sorriam com o próximo tópico.

21. Professor, ator, e costumava consertar privadas quando adolescente para pagar a faculdade. Alguém me explica por que um desperdício com alguém que poderia ser um modelo em qualquer lugar que quisesse? Sinto muito para todas as dezenas de professores feios que eu tive, você também, todos tivemos a ainda teremos na vida. Esse daí além de tudo é super simpático. Mereceu meu tópico de puxa-saco. Mas como não sou fã de falar da vida dos outros sem permissão (mesmo que ele, sendo ator, é uma 'pessoa pública' e eu não tenho nem um cisco de algo negativo para ele), vou me limitar a falar que essa é uma inveja permitida e totalmente compreensível. Foram ótimos vinte-e-poucos dias com ele. hehe

22. As luzes de Toronto a noite do vigésimo sétimo andar. A wi-fi da residência (que consegui sugar graças a uma amiga-nerd que tinha a senha e me passou logo nos primeiros dias) que, no 27, só pegava em um cantinho. Eu, boba as always, trocando mensagens e fotos, esperando as 11 pizzas grandes (que contribuí com $2 para comer sei lá quantas fatias, mas uma pizza bem boa) chegarem e o filme (ruim, tipo um skins americano misturado com malhação) rodar. Me dei o trabalho de trazer um cobertorzinho comigo enquanto comia pra curtir a última noite. Mas os embalos da noite poderiam arruinar minha reputação, então achei melhor correr e dormir enquanto era tempo. No pizza, no Amanda!

23. O último dia oficial. Arrumar as malas e tudo mais. Tivemos um tempo livre, então aproveitei para dar minha última voltinha no shopping e consegui encontrar a Urban Outfiters escondida do lado de fora! Foi mágico. Pra quem tem dinheiro, o lugar é uma boa pedida fashion e muito mais. Eu, como uma pessoa empobrecida, saí de lá com um único exemplar. Um livro que poucos meses depois seria uma febre total. Pois é, meu Wreck this Journal! Quem diria. Vocês compram na Saraiva, eu compro pessoalmente na terra da escritora/designer sensacional. E na Urban! #muahahahahahah Tenho a sacolinha de lá até hoje. Deu também para me despedir do Starbucks, comprando, se não me engano, um frapuccino. Esqueci algumas coisas de propósito no quarto, por serem meio que inúteis para mim. Algumas das muitas pulseirinhas escrito 'Brasil' que era combinado de levar para trocar com os outros intercambistas (de outros países), mas como não rolou, distribuí algumas (pela residência, pela rua), e as que sobraram, deixei na gaveta. Deixei também gilete e outras porcarias (hahah). E descendo com as malas (meus chumbos), colocando-as no ônibus e dando adeus para minha casa temporária. Foi uma dorzinha forte entrar no aeroporto e me despedir de vez do céu do Canadá. Tive que suspirar um pouco e tirar umas fotos daquele rosa do céu. E goodbye!  Sentido muita falta.

Continuarei com saudades eternas dessa viagem <3

4 comentários:

  1. Sim, você evoluiu, cresceu muito. parabéns por estar aqui, e obg por ter sido minha primeira e única amiga (verdadeira) virtual <3
    ah, eu AMEEEEI essa foto de início do post :')

    ResponderExcluir
  2. Amanda, eu já pedi ajuda para várias pessoas e ninguém entendeu minha pergunta.
    Assim, eu acessava o blogger lá pelo início de 2012 e ontem criei um blog. Percebi que mudaram a interface, e parece não "existir" mais os códigos de html.
    Tentei usar esse tutorial http://www.cherryboomb.com/2011/12/como-criar-um-layout-basico.html mas não deu :(
    Como eu faço para mudar o layout nessa nova interface? Lembrando que é do zero, nunca fiz nenhuma modificação nesse html desse blog..

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se eu entendi, você clica na seta pra baixo na página inicial e clica em 'Modelo' pra ou editar HTML ou personalizar o modelo direto em 'Personalizar', e pra reorganizar os gadgets vai na mesma setinha (se estiver na página principal) e 'Layout'. :) Era isso?

      Excluir

© Conspirantes - 2014. Todos os direitos reservados.
Criado por: Amanda Montt.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logoimagem-logoimagem-logo