30 de mai de 2014

O que eu aprendi em 1 semana sem fones de ouvido

🌸🌸🌸

Não, os meus não se quebraram ou se perderam. Não, eu não estou de castigo. E não, eu não estou com uma doença auditiva em fase terminal que vai explodir o meu ouvido se eu chegar perto de uma belezinha dessas.
Eu só parei. 
Por uma semana.
Parei.
E me assustei horrores ao perceber que meus passos mais leves fazem um barulho estranho e engraçado. Que som de avião abafado dá um conforto danado. Que os ruídos das ruas demonstram que existe vida ali. Me assustei porque já faz uns 3 meses que eu não reparo em nada disso. Uns 90 dias com um par de fones que entupiu minha percepção de mundo - mundo enquanto acontece, porque ficar repassando tudo no conforto do nosso travesseiro depois é uma coisa bem diferente.
A gente tá tão acostumado a andar por aí cuidando da própria vida, se aprofundando (superficialmente!) nos nossos assuntos, que esqueceu que ali, enquanto caminhamos descuidadamente, existem outras 48064723 pessoas e coisas compartilhando um segundinho da vida delas conosco. 
E se a gente não consegue tocar, lamber ou às vezes sequer ver, qual sentido você acha que se encarrega de conectar tudo isso? A audição, é claro.
Existe um motivo simples, aliás, para esse ser o meu sentido favorito: a audição é teimosa, gente, não aceita não como resposta... Muito pelo contrário, é você quem tem que aceitar que está vivo e que isso se expande, estraçalha, chama a atenção, modifica todo esse Universo (quase nada, né?!) mesmo. Aceitar também que não adianta tampar o ouvido, importar algodão paquistanês ou um centímano grego: o som sempre vai achar um jeito de te tocar, te penetrar, te unir com a vida a seu redor. 
Por fim, meu desafio para você hoje é bem simples: da próxima vez que sair de casa, tenta lembrar dessas palavrinhas aqui. Desiste de se enfiar numa bolha invisível e se deixa tocar pela vibração que vem de todo canto. Lembra também que revolução do tesão tem tudo a ver com isso: tesão por tudo te faz sentir coexistente.
Eu sei que nossa geração se acostumou a fazer uma ode eterna ao ser (ou seria parecer?) antissocial, mas não existe a mínima chance de você chegar ao fim da vida sem perceber: toda a sua existência foi pra isso, para estar conectado. Se você aceita ou não, aí já não é comigo. Reclama lá com o Sr. Som... Ele vai saber te convencer bem mais que eu!

7 comentários:

  1. Muito bom Sabrina :)
    Eu não ouço música em fones quando saio de casa, aliás fiz isso umas duas vezes apenas.. sempre gostei de ficar observando as pessoas rs
    Ótimo texto..

    www.chadecalmila.com

    ResponderExcluir
  2. Estava pensando nisso faz pouco tempo, eu sou uma pessoa bem observadora, e um dos sentidos precisos pra observação é a audição, eu nunca fui muito ligado a fones, até o começo do ano, quando as aulas começaram, percebi que se eu posso ter o conforto da minha musica predileta quando eu quiser, eu deveria faze-lo, e comecei a carregar os fones e o celular com as musicas pra tudo que é canto, mas sinto falta de quando não sentia essa necessidade, o conforto de só escutar o que quer é maravilhoso, ainda mais pra pessoas meio -muito- nostalgicas como eu, pretendo parar um dia pra observar o mundo sem os meus olhos e deixar meus ouvidos escutarem tudo que tiver acontecendo a sua volta, se possivel.

    Adorei o post e a ideia central, muitas pessoas estão tão ocupadas pensando no que viver, que esquecem de viver, real e inteiramente, não?

    XOXO
    onthislastday.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. "[...] Pretendo parar um dia pra observar o mundo sem os meus olhos e deixar meus ouvidos escutarem tudo que tiver acontecendo" Só quero te lembrar que esse dia pode ser hoje mesmo, só depende ds VOCÊ. ♥

      Excluir
  3. O pior é não usar fones mas estar desconectada do que acontece ao seu redor </3 Psé. Sabrina lindeza amor ar, você precisa reunir esses textos e publicar numa coletânea. "Conselhos para toda a vida" é um bom título, não? hehe #PublicaSabrina HAHAHA
    Seguirei seu conselho de aposentar meus fones. E prestarei mais atenção a cada coisinha do meu dia ♡
    PS: me responde no WhatsApp porque agora EEEEEEEU VOOOOLTEEEEEI ♡

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Alguém consegue reunir a saudade que eu senti dos seus comentários e aí bater em você/seu computador troxão?!
      ALELUIA, SENHORRRR ♥ Mundo nos aguarde.

      Excluir
  4. Adoorei

    http://algunsdisparates.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Eu sempre gostei de sair por ai escutando música do que os barulhos alheios, crianças chorando, apitos, pessoas gritando me incomoda muito.. Se alguém fala cmg, eu tiro os fones, mas não fico sem.. Com um lado quebrado minha mente ficou meio dividida com os barulhos alheios e a minha música. Agora com os dois sem a saída de som, sou obrigada a escutar tudo aquilo que evitei de escutar ..

    Kisu
    www.eraoutravez.com

    ResponderExcluir

© Conspirantes - 2014. Todos os direitos reservados.
Criado por: Amanda Montt.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logoimagem-logoimagem-logo