24 de ago de 2012

Polêmica: E todo mundo quer controlar todo mundo!

Ultimamente, todo mundo tem se sentido tão superior que acha que o que gosta é a supremacia do mundo. Você precisa ouvir um tipo de música, usar uma roupa, ter tal cabelo e ainda fala que "a sociedade hipócrita cria uma visão fechada do mundo, um molde de pessoas". Então acho que você faz parte dessa sociedade, não é? Até que prove o contrário. 
Quantas vezes não li "quem ouve sertanejo não tem meu respeito" (como se seu respeito fosse importante, só pra começar), ou "não tira foto assim, é ridículo!" e "troca essa blusa, é estranha!", "você não gosta de Harry Potter? Seu escroto!" e várias outras coisas. Sempre vai ter alguém querendo te controlar. Querendo controlar o que você ouve, o que você fala, o que você veste, o que você pensa. Sim! Pois quando alguém fala tanto na sua cabeça que o que você curte é uma merda, você acaba reconsiderando essa ideia. 
Não existe ideia suprema: Nem em cor de cabelo. Loiras pintam o cabelo de ruivo, ruivas pintam o cabelo de castanho, morenas ficam loiras. E assim vai. As vezes aparecem criaturas ouvindo funk brasileiro (tem que ser específico), mas você não tem nada a ver com isso- a não ser que seja em caixas de som, obrigando cada um que esteja perto a ouvir. Daí é a falta de respeito deles com vocês, respeito que todo mundo tem que aprender a ter.
Enfim, acho que cada um ouve o que quer, pensa o que quer, veste o que quer, e ninguém não tem nada a ver com isso! Imagina se todo mundo fosse igual?

Não existe 'bom gosto' e 'mal gosto'. Gosto É - não negue - relativo. Ninguém pode falar que um tipo de música é ruim. Lógico que ter preconceito e expressar opinião é bem diferente. Porque se fosse ruim mesmo não existiria. Ninguém faria uma blusa se pensasse que ninguém ia gostar. No mínimo quem fez gostou.
Para descobrir do que gostamos, temos que conhecer as opções, se abrir ao diferente. 
Tem muita coisa que humilha as pessoas e moldam a cabeça dela: Revistas de adolescente, música (e outras coisas) que te aliena sobre o mundo, pessoas que te controlam e que tentam usar seu passado contra você, posers, fanáticos e muitas outras polêmicas. Sim, pode ser ruim, mas as pessoas sabem se cuidar. Cuide de si mesmo que os outros aprender por si que algumas coisas não são boas. Não deixem que te mudem e não tente mudar ninguém (que nem aquele povo do Esquadrão da Moda e reallity shows do tipo). Você não foi feito pra agradar ninguém além de você mesmo.
Um recado pra quem diz: "você tem que mudar de gostos":


E esse foi meu recado.

28 comentários:

  1. Mandou bem. Gostei do post, penso assim também :)

    ResponderExcluir
  2. Eu concordo com esse post mas descordo em algumas partes.
    Por exemplo a de que não existe mal gosto, pq gosto é relativo.
    Pra mim tem sim.
    Tem umas minas que se vestem de um jeito tipo: "WTF IS GOING ?"
    Enfim ... é polêmico esse tema hahah

    ResponderExcluir
  3. Concordo com você amanda as pessoas querem mandar muito nas escolhas e nas opiniões das outras, quando digo "pessoas" digo uma sociedade como a nossa, isso é um tipo de "alienação" da qual devemos tomar consciência, ´pois mesmo sem querer as vezes praticamos pequenos atos como esse de sempre querer impor nossa vontade sobre os outros
    Bjão
    http://amaralstarlight.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. haters gonna hate e.e
    mas falando sério, ninguém nunca fica satisfeito, e sempre vai ter alguém pra criticar. O jeito é agradar você mesmo mesmo(ficou estranho, mas entendeu kk)

    Beijos! <3
    http://comqualestilo.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Realmente hoje em dia todo mundo age em algum aspecto assim. Isso é triste, mas é a realidade.Isso sempre acontece comigo, as pessoas adoram falar do quanto meu cabelo está feio ou o quanto minha calça é larga e por ai vai... Mas sinceramente, eu cansei. Eu já perdi as esperanças em grande parte das pessoas, e percebi que o mundo não se resume nelas. Quando quero fazer algo de diferente vou e faço, não peço mais opinião. Principalmente agora, na adolescência, nos importamos muito com a opinião da 'galera' ou do grupo no qual queremos nos firmar. Mas daqui alguns anos muitos deles podem ter morrido, estejam seguindo sua vida. Nem lembraremos o nome deles! Mas a nossa essência e o que mudamos (ou não) por eles, vai estar conosco pra sempre! Amei o texto <3 Beijos!

    ResponderExcluir
  6. Concordo com você, eu aprendi isso a algum tempo, vivia tentando "me encaixar" sabe? Claro que me arrependo de ter passado tanto tempo sendo alguém que não era, mas agora sou exatamente como deveria ser, chata,sem graça, com gostos estranhos, mas eu mesma, e eu gosto. Dane-se as críticas a a opinião alheia. Ótimo post *_*
    lovelyblogcarol.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  7. Adorei o post (e os que estavam linkados nele também rs)! Ultimamente ando vivendo assim, mesmo. Fiquei (e às vezes ainda fico) muito tempo encanada com essas questões de que "seu cabelo tem que ser assim, você deve se vestir de um jeito x, você tem que pesar y"... E o pior: se alguém quer que você mude seus gostos, é para o bem dela mesma, e não o seu! É o que acontece nesse Esquadrão da Moda! São maridos, amigos, pais, etc, que ainda inscrevem a pessoa nesse troço porque elas têm vergonha de quem deveriam amar, com um discurso de "só tô pensando no seu bem".
    Beijos!
    Elfa do PhotoScape

    ResponderExcluir
  8. Adorei o post (e os que estavam linkados nele também rs)! Ultimamente ando vivendo assim, mesmo. Fiquei (e às vezes ainda fico) muito tempo encanada com essas questões de que "seu cabelo tem que ser assim, você deve se vestir de um jeito x, você tem que pesar y"... E o pior: se alguém quer que você mude seus gostos, é para o bem dela mesma, e não o seu! É o que acontece nesse Esquadrão da Moda! São maridos, amigos, pais, etc, que ainda inscrevem a pessoa nesse troço porque elas têm vergonha de quem deveriam amar, com um discurso de "só tô pensando no seu bem".
    Beijos!
    Elfa do PhotoScape

    ResponderExcluir
  9. Infelizmente isso é uma coisa que nós fazemos e muitos fazem com a gente, mas a gente simplesmente não nota! Fomos criados e crescemos nesse mundo manipulador.

    Adorei o blog *O* que post... forte *-* é a primeira vez que leio aqui, a Vinha falava muito bem dos seus posts xD
    Bjs~
    www.tortademenina.com

    ResponderExcluir
  10. eu tento o máximo ser mente aberta, porque sei que cada um tem o seu jeito de pensar, de agir, de falar... e detesto quando tentam me controlar.
    Mas eu falho quando se trata de música, não consigo sei lá, respeitar outros gêneros que não seja rock, mas estou tentando mudar isso.
    e como vc disse uma coisa que todos nós devemos ter é respeito.
    bjs

    http://crazyggirls.tk/

    ResponderExcluir
  11. Orgulho de você, Mush!
    Você disse, basicamente, tudo o que penso e mais um pouco!
    Muito legal você partir para essa neutralidade: muitos iriam pensar: "Você não é rockeira? Não odeia quem ouve funk, sertanejo...?". Estamos rodeados de rótulos, preconceitos e idiotices de julgamentos e críticas. Além de hipocrisia, claro.
    Cada um tem seu estilo, gosto e ponto final.
    Eu não consigo ser imparcial assim, ainda acho que tenho alguns preconceitos também, mas espero mudar minhas visões.
    http://loucosinformados.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. A sociedade desde os primórdios é assim, mas temos a salvação que algumas pessoas lutam contra essa imposição sobre o que é bom, ruim ou ótimo e péssimo, a esperança não pode morrer, quem sabe um dia as pessoas acordem para a realidade, que esses padrões não levam a nada, a não ser para trás.

    ResponderExcluir
  13. FOI.O.POST.MUSH.
    A verdade é que muitas pessoas ainda não superaram o fato de serem diferentes, porque cada um aqui é diferente mas nem sempre têm a liberdade de demonstrar isso. Muita, mas muita gente é hipócrita ao extremo e crítica qualquer tipo de pensamento ou gosto que vier á tona.
    Já fui bem tímida e tinha certos receios, mas encontrei o "meu grupo" sabe? Não aquele de "patricinhas", que ficam rodeadas para falar dele e dele, que ficou com esse e cara, eu já estava enjoada daquilo. Casada da mesmice, das mesmas pessoas, e de tudo. Mas vi que eu teria de ser apenas eu, essa Anna aqui.

    Nem preciso dizer que curti o post não é? haha. E obrigada pela visita <3
    www.world-cutest.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  14. acho horrível pessoas assim. adorei o texto e a frase final!
    bjs
    http://avidademalu.blogspot.com

    ResponderExcluir
  15. Pura verdade o que vocês escreveu! As pessoas sempre estão preocupadas com o que os outros fazem, o que eles vestem, escutam, veem.. E ficam criticando, como se fossem jurados de plantão. Ao todo tempo ficam julgando o que escuta e etc.
    Como se diz: Gosto não se discute.

    Beijos

    http://diario-da-maaah.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  16. Concordo, cada tem seus gostos, mas confesso que as vezes eu sou uma pessoa que julga um pouco demais coisas que não gosta, principalmente música. Mas não obrigo ninguém -nem quero a pensar/ser/gostar das mesmas coisas que eu, apenas dou minha opinião.
    http://my-history-restarted-again.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  17. Eu sou bem sociopata então, não tenho muito o que falar...Brincadeira.Não tô nem aí com os gostos dos outros (se eu gosto eu tento usar isso de forma positiva, senão eu ignoro) desde que me respeitem.Só discordo da parte de 'as pessoas sabem se cuidar' porque na boa a maioria DEIXA os outros cuidarem delas.Ou talvez seja só o fato de não aguentarem a pressão dos padrões...

    bjs
    http://www.pinkmassacre.com

    ResponderExcluir
  18. O problema é a ditadura que a mídia estabelece. Os cantores que mais são falados nas revistas por exemplo, são os mais ouvidos. Se você gosta de uma banda que tem músicas boas mas não é mencionada em revistas do estilo Capricho, você é estranho. E o problema é que todo mundo tá preocupado com o que todo mundo pensa. Eu conheço pessoas que ouvem música pop (tipo Katy Perry), mas dão uma de roqueiros, tiram fotos fazendo o símbolo de rock com a mão, e só usam blusas de caveiras, ou seja, só querem que as outras pessoas vejam que eles são roqueiros. A questão dos funkeiros também é muito complicada, já que eles insistem em dizer que não são favelados (como todo mundo pensa) e que os roqueiros são esnobes e ouvem música do diabo. Mas se eles querem respeito, por que não pôr a droga do fone de ouvido e ouvir sua música no seu canto? Até porque as letras de funk não são nada éticas, são vulgares e não precisam ser expostas de tais maneiras.

    Beijos

    ResponderExcluir
  19. Meu pai sempre me disse resolver problema dos outros é sempre mais fácil , por isso todos querem se meter na vida um do outro , ninguém nasceu sobre há regra de seguir padrões , se todos seguissem que graça teria o mundo sou diferente mas pelo menos me destaco no meio de tantos fantoches da sociedade

    http://simplesmenteassimj.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  20. Concordo plenamente com você, as pessoas hj em dia estão mt hipócritas, ficam falando que rock é do demônio, que reggae é coisa de maconheiro e funk é coisa de vagabundo, eu acho isso totalmente ridiculo, julgar as pessoas pelo gênero musical que escutam!!!

    http://glitterizandoblog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  21. Falou a menina que fez um post falando como deve e como não deve se tirar foto e falando que todo mundo é poser. Falar é facil :D

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Primeiro que nunca fiz um post falando sobre comp tirar fotos e nunca falei que todo mundo é poser. Falei que ninguém deve fingir ser o que não é. 'falar é facil' disse o infeliz que nem sabe dar opinião mostrando a cara.

      Excluir
  22. concordo com você, a sociedade hoje quer impor um gosto só para todos, mas não é assim que funciona.Todo mundo tem gostos diferentes, todo mundo é diferente.
    Cantinho da Menina Cristã (clique no perfil e visite)

    ResponderExcluir
  23. Hooy mush! *u*
    Teu blog é muito lindinho, gostei. Sobre o post, concordo muito com o que você disse, passamos por isso o tempo todo, pessoas querendo controlar seus gostos, seu jeito de ser, é realmente irritante. Mas também há uma grande influência da mídia, que praticamente direciona a sua vida. E o que você disse bem no comecinho do post, conheço gente desse tipo e digo a mesma coisa, você também faz parte da sociedade!
    Acho também que há uma grande influência da mídia, que particularmente direciona a sua vida. Eu não assisto novela e já ouvi milhões de pessoas falando, você tem que assistir vai!

    Beijos, Ana.
    Explosão de Cerejas

    ResponderExcluir
  24. Muito bem Amanda! Adorei seu post, disse tudo!
    Mas olha, dá vontade mesmo de abrir literalmente a cabeça de alguns pra ver o que tem dentro. Funk não é música, é barulho e barulho qualquer um faz! HUNF
    kk
    Nem acho que todo mundo dever curtir rock, mas ninguém nesse mundo deveria escutar funk hehee
    Ah e tem as roupas né, certas roupas.. bom, mas ai já entra no que vc falou no post, cada um tem seu gosto e pronto!

    ResponderExcluir
  25. kkkkk,ri muito com o gif do final!!!!
    ---->Clique no meu perfil para ir ate meu blog.
    @juliarocha__

    ResponderExcluir
  26. Mandou bem ! concordo plenamente
    http://smallog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

© Conspirantes - 2014. Todos os direitos reservados.
Criado por: Amanda Montt.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logoimagem-logoimagem-logo
voyeur porn porn movies sex videos hd porno video