15 de ago de 2013

Desapegando de... Coisas antigas!

quadrinhos-sala

Vez ou outra, quando você resolve fazer uma faxina, vai acabar encontrando um porão infinito de... tralhas! Se não passou por isso ainda (o que acho difícil), vai passar. Aliás, quem aí já assistiu algum programa do Discovery Home&Health sobre organização? O primeiro passo pra evoluir de vida é começando por onde você mora, e para começar, você despacha suas coisas.

Room | Flickr - Photo Sharing!

Os programas em geral começam com uma 'fiscalização da casa' e depois, 'obrigam' os participantes a se desapegar de muita tralha e montam uma venda de garagem em frente à própria casa.
Você pode começar assim! Quer dizer, aqui no Brasil não é muito comum (na verdade, nunca senti nem cheiro de uma) fazer vendas de garagem, mas a lindíssima internet sempre dá um jeito de nos ajudar. É bem fácil montar anúncios grátis na internet e achar alguém que esteja louco por seja lá o que você for vender. E além da venda, você pode optar pela doação! Nos programas, ela vem como último caso, já que precisam do dinheiro das vendas para a reforma da casa. Você deve ter um pouco dessa massa inútil no seu quarto. Brinquedos antigos, presente de ex, bilhetes, cartas, roupas que não usa ou não servem mais, carregadores de celular que já estragaram (e os próprios também!)... Como na TV, você separa o lixo do reutilizável e sempre otimista: Vai cair em boas mãos. Vai fazer bem para você. Vai valer a pena! Qual é o sentido de guardar uma boneca que você não brinca mais (e nem expõe como algo decorativo) quando se tem centenas de creches e hospitais precisando de uma doação? Ou uma mãe que procura comprar uma de segunda mão, mais barata, para a filha mais nova?

Tumblr

Pode até ser meio triste no começo, mas quando você substituir as tranqueiras por coisas novas e lindas (ou melhor: quando ver o sorriso da criança, da mãe e de quem for afetado), vai saber que valeu a pena!
Quem aí tem dificuldade de se desapegar das suas coisas? 

7 comentários:

  1. Todas as vezes que eu vou arrumar o meu quarto encontro tanta coisa! Coisas que perdi a uns anos,outras a semanas...mas sempre encontro. Por isso,quando há coragem,vou em busca dos tesouros perdidos. kkk

    Belo post. ;3

    Bjos
    Hayanne Deise Lins
    *Profissão Adolescente*
    As inscrições para o sorteio de um livro diretamente de Portugal ainda estão abertas. Clique aqui para participar. :))

    ResponderExcluir
  2. Tenho um probleminha em me desapegar de algumas coisas, principalmente de caixas fofas que nem servem para nada ou de agendas que ainda ficam guardadas nas tal caixas, que acho lindas e tenho dó de jogar fora/doar. Mas este post me ajudou muito! Agora sei que posso até ganhar um dinheiro vendendo estas coisas, só me falta coragem hahaha

    Bjs
    http://paradise-of-madness.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Aah! É muito difícil de eu me desapegar das coisas. Principalmente os brinquedos que não uso mais... O triste disso tudo é que quando você doa ou vende aquele brinquedo que você gosta e, cinco minutos depois você encontra ele todo quebrado! Aí você pensa que ele estaria inteiro se estivesse com você!
    Gostei do post... Vender coisas antigas para comprar coisas novas parece muito legal!
    Bjs!

    ResponderExcluir
  4. Eu nunca tinha pensado em vender as coisas antigas, mas adorei a ideia. Sempre tiro as coisas que não uso mais para doar, mas tem umas que estão tão novinhas que chega dá pena, acho que se eu receber um dinheirinho em troca dói menos né?..kkkk

    http://doceobsessao-bru.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Depois do post a única coisa que passa pela minha mente é: desapega, desapega OLX

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. KKKKKKKKKKKKKKKKK tentei fazer a publi ser o menos publi possível

      Excluir
  6. Depende do que eu preciso me desfazer. Por exemplo, roupas que estão pequenas, que não usarei, OK, mas a coisa muda se quem fez a roupa foi minha bisavó. Brinquedos? Não tenho coragem. Me lembra de que preciso me desapegar da infância, algo que realmente não quero fazer. Livros? Só se forem muito ruins, se não gostei. Mas eu não vendo, não. Todo ano faço faxina no meu quarto, me desfaço de roupas, esmaltes, etc; os esmaltes eu jogo fora num lixo apropriado para evitar a contaminação do meio-ambiente, e roupas, livros, alguns brinquedos, gibis, revistas, eu doo.
    Sanduíche de Assuno

    ResponderExcluir

© Conspirantes - 2014. Todos os direitos reservados.
Criado por: Amanda Montt.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logoimagem-logoimagem-logo
voyeur porn porn movies sex videos hd porno video