7 de dez de 2012

Tribos, sociedade, ser diferente e o blábláblá de sempre

Tumblr_lcfhgq0fj91qf06yco1_500_large
Anastácia puro desinteresse
Você sabia que cada atitude sua se encaixa em um grupo predeterminado? Pessoas te colocam em um desses grupos sem você saber.
Deve tomar cuidado com o que faz, o que pensa e o que diz. Aprendi isso com o tempo, sabe? Isso porque você É obrigado a estar em uma tribo, mas tem um detalhe: Você NUNCA pode dizer que está em uma tribo, pois senão as pessoas irão dizer que você está se rotulando, e rótulos são coisas de pessoas limitadas. Se descrever e saber o que você é é uma limitação, porque se você quiser mudar, não pode pois uma vez disse que era de outra forma, então ou você não se descreve ou você vive predestinadamente. Essas são as opções que o mundo te dá. Sabe-se lá quem criou essa teoria, mas ela deve ser seguida.
Você então coloca na sua cabeça que precisa deixar de fazer tal e tal coisa, se não você estará sendo manipulado pela sociedade. Você odeia a sociedade. Não, não pode fazer parte dela, seguir suas regras, precisa ser diferente. Precisa ligar o computador e todo dia dizer que o mundo é uma merda. A sociedade é uma merda. Aproveite e acrescente falando que você está com preguiça de ir pra escola. Faz todo o sentido, porque logo em seguida você reclama que as pessoas são alienadas porque veem novela. Ah, aproveita e mostra o dedo do meio pra todo mundo que cometeu bullying com você! Lembra de como você chorou quando te chamaram de gordo? Isso foi um pouco depois de dizer que não se importa com a opinião dos outros.
Ah, e descobri que se você escrever coisas usadas palavras 'sociedade, preconceito,  respeito, julgar' e coisas do tipo, você vai ser adorado. É só falar assim: "A sociedade  manipula e julga. Não tenha preconceito, respeito é bom e todo mundo merece!" e pronto! Você já é um gênio. Usar palavras bonitinhas só porque são bonitinhas escrevendo qualquer coisa sobre protesto causa isso. As pessoas que sabem o que fazem e sabem o que falam acabam ocultas ou enfiadas nesse meio de falsos moralistas. 
Jovens do século XXI, sinto lhes informar mas vocês são parte da sociedade. Nem tudo o que te dizem é verdade, nem tudo o que você lê em livros é verdade e não é só porque você quer ser diferente e revoltado da vida que precisa pesquisar sobre coisas de revoltados da vida e seguir seu padrão. Lembra do rótulo que citei no inicio? Olha ele aí! Porque claro você odeia estereótipos, mas como os punks da internet odeiam as 'maloqueiras de aba reta' e 'cone crew', você tem que odiar também. Afinal, você foi uma criança dos anos 90 e precisa de dizer que a 'geração está perdida'. Você não faz a menor ideia do que isso significa, mas não importa! Você é diferente e ama se revoltar junto com o grupo de pessoas super inteligentes que também curtem Star Wars e ouvem Beatles. Sim, você precisa ter uma vida perfeita digna de um livro, mas precisa fingir que não assistiu Star Wars e ouviu Beatles porque era coisa de gente diferente. Você aprendeu que o Japão é fabuloso e que quer se mudar para lá e de tanto ver memes, aprendeu que todo mundo tem a mesma cabeça e você fica feliz porque tem mais gente diferente como você. Todo mundo é diferente igual a você. Todo mundo é um pouco hipócrita. Pelo menos um pouco.
Tudo igual. Sempre. Vai chegar outro cabeça-de-vento desafiador falando coisas do tipo 'apontar o problema é fácil, fala a solução!' e o mundo continua seu ciclo de pessoas ocas disputando a razão. Você pode tentar, meu amor, mas não vai mudar o que você realmente é. Só tente saber sobre o que você está falando, ok? Crises até crianças de 4 anos tem no shopping.
Hipocrisia mandou abraços. Ela leu seu tumblr.

18 comentários:

  1. OMG, amei seu texto! haha E hoje também existem os tipos "frases", sabe? Postam Clarice e Caio o dia todo, e postam coisas com "todo mundo é falso" ou "locais cheios de pessoas vazias". Mas como assim? Você faz parte do todo mundo! E eles criticam e fazem igual, no final das contas. Realmente. Perfeito, perfeito! Estou deslumbrada com o que acabei de ler! Criticar é mais fácil mesmo hoje em dia, falar coisas ruins, denegrir. Só para sentir que é "melhor" que os outros. Quando na verdade, está sendo até pior. E essa briga de gerações? Realmente não compreendo! A minha mãe também falava "na minha infância não era assim, eu me divertia mais". Mas será? Eu me divertia feito louca! Criança é criança, contanto que esteja tudo bem elas vão fazer a festa! Não importa como. Enfim... Eu já gostava do seu blog, e depois desse post, virei fã. Parabéns! *u*

    ResponderExcluir
  2. Perfeito define esse texto, realidade também. Vamos odiar a sociedade juntos, por que hoje em dia virou modinha isso, essa de ser diferente, estar fora dos padrões, todo mundo quer ser assim, mas todo mundo continua igual, não importa o que você faz ou do que gosta, importa o que tem dentro dessas cabeças de vento. ADOREI o texto, parabéns *.*

    lovelyblogcarol.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. mush, você descreveu exatamente meus sentimentos a respeito disso! parabéns!

    ResponderExcluir
  4. Eeita mush! Eu tava pensando nisso esses dias. Vi faz um certlo tempo uma gravura de uma menina . Era algo com aqueles novos amores da geracao, tipo rock, palavrao, tumblr e tal. E no fim a mensagem era "Essa e fulana, de tanto querer ser diferente fulana ficou igual". E vamos combinar ? Realmrnte e assim, saca ?! O blabla de eu quero ser diferente nao e algo que as pessoas devam usar pra esfregar na cara da sociedade o quanto estao nem ai pra elas. Porque obviamente se voce quer mostrar algo.pra alguem se importa com o que ela vai pensar. Falta pratica ... Falso moralista e o que mais tem veei. Tem uma filosofia de vida ? Viva ela porra! Em relacao a mudanca de gosto e opniao eu nao tenho nada contra. Agora e a epoca da gente formar nossa opniao sobre muita coisa. Ninguem nasce e morre um pagodeiro por exemplo. Agora, ate voce descobrir o que voce acha da vida. Ezquece a sociedade. Esquece ad modinhas e vive o teu gosto, curte a sua vibe na sua. Vaao me chingar mas ok. Eu por exemplo gosto de certas bandas de rock e tal. Mas cara eu nao faco a minima questao e ate fico indiferente quando me chamam de rockeira. Se eu gosto de rock, axe, baiao. Eu gosto, acabou. Mas ainda assim acham um jeito de rotular a gente de ecletica. E a vida. Beijo <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Odeio essas mimizices, 'roqueiro', 'metaleiro'. HURR VC É ROQUEIRO, SÓ PODE OUVIR ROCK HURRRR

      Excluir
  5. É o que eu estava comentando com uma amiga esses dias: As pessoas se esforçam tanto para serem diferentes, que acabaram se tornando todas iguais. E hipócritas.

    Nunca assisti Star Wars, acho Beatles chato pra caralho, acho Starbucks ruin, e não tenho um pingo de vontade de conhecer Londres. hahahaha

    Beijos.

    ResponderExcluir
  6. Sabe o que ás vezes me irrita? As pessoas só falarem que os outros são hipócritas e que só sabem falar de besteiras. Tudo bem que nem sempre as pessoas irão concordar sobre gostos afinal, isso vai de cada pessoa. Mas indo ao foco do post, tô seriamente cansada e indignada com quem só aponta a hipocrisia de fulano e cicrano. Queria mesmo ver se apontar. Impossível. Vendo o comentários da Débora lá em cima, me lembrou muito as frases que são postadas no twitter e até no tumblr também, daquele povo 'Ui, sou revoltado' com frescurice. Dizendo que a sociedade só faz rotular as pessoas. Cara, será que você que diz isso não tá incluído na sociedade não? Ou você é algum alienígena do universo? POR FAVOR GENTE!

    Vem conferir o post da comemoração de um ano do World Cutest, Mush! Têm vários utilitários e awards exclusivos, quem sabe seu blog não está nos indicados? Corre lá!

    Um beijo, Anna.
    World Cutest || Venha celebrar 1 ano de blog!

    ResponderExcluir
  7. Ei, Mush!!!
    Isso é que é um texto...
    Como vc disse: todo mundo é igual e diferente. Características se esbarram, podendo sorrir umas paras outras ou sair se batendo. Todo mundo é o que é. E essa coisa de seguir tais rótulos acaba desmanchando a própria essência das pessoas.
    Eu gosto de rock, mas evito todo aquele barulho que eu nem entendo a letra, apesar de que alguns momentos só a guitarra nos ouvidos resove.
    Gosto sim de One Direction, desprezo o tal do Justin e do Luan Santana, mas estaria mentindo se dissesse que não curto Victor e Léu u_u
    Se for parar para pensar, aqueles que não sabem do que realmente gostam são os que tem mais de si próprios.

    ResponderExcluir
  8. Você escreve muito bem... Eu nunca tinha visto as coisas por esse lado. Ser diferente agora é modinha. Assim como dizer que é louco, que odeia Justin Bieber, que só gosta de dias nublados e que ama AC/DC. E de tanto querer ser diferente, as pessoas ficam iguais.
    www.analogicbea.blogspot.com

    ResponderExcluir
  9. Adorei! Ninguém manda em ninguém, isso de ser padronizado é passado; posso ser rockeira, pagodeira, e tudo que eu quiser ao mesmo tempo. As pessoas colocam padrões de vida em outras e esquecem de viver a própria vida, e acabam deixando de ser felizes como são. Ou esquecem que isso existe.

    http://cappuccinoeaconta.blogspot.com.br/
    Faz uma visita?
    @PriscilaFrr <3

    ResponderExcluir
  10. nossa meus parabens, nunca li algo que represente tão bem a sociedade e as pessoas que dela fazem parte mais estão sempre julgando! me fez pensar muito! "todos são diferentes iguais a voce!" < isso principalmente bjs

    ResponderExcluir
  11. Achei bastante prepotente e usando de um senso comum gigantesco, generalizando legal heim.. E creio que se rotular é se limitar sim, não consigo ver mal algum em alguém usar desse argumento.Hipocrisia é um fardo da humanidade, é algo que todo o mundo têm, o que resta é lamentá-la.
    E pra terminar, não me espanto com essa juventude burra, sempre foi, sempre será... pois estão sendo 'educados' para isso, para serem trabalhadores e não pensantes, o sistema precisa de gente que saiba trabalhar e não pensar, por isso tudo é como é.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Crenças, crenças. Fatos a parte. Não julgue ninguém como burro. Apenas se aponta como um 'pior'. Não sei em que realidade você vive, mas te aconselho a dar uma pesquisada a respeito, engolir o orgulho. Até! :)

      Excluir
  12. Achei super interessante seu ponto de vista. Essa coisa de ser rotulado é algo q não havia passado na minha cabeça como "colocar em um grupo" mas pra mim é de procurar defeitos nos outros para se sentir superior.

    Gostaria muito q a gnt pudesse trocar algumas ideias sobre essas coisas. Acho que seria interessante.

    Ah, se te interessar, meu blog também fala sobre minha opinião sobre as coisas. Acessa lá e vê o que vc acha.

    Bjs.

    ResponderExcluir

© Conspirantes - 2014. Todos os direitos reservados.
Criado por: Amanda Montt.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logoimagem-logoimagem-logo