5 de mai de 2014

O que é 'ter estilo' para você?


O mundo todo se volta para a moda. A mídia mantém cobertura de todo desfile famoso que acontece pelo mundo sobre as tendências que chegaram para ficar na próxima estação. O corpo da modelo passa a ser manequim e o que ela usa provavelmente estará em manequins que não se movem nas vitrines de lojas de sua cidade. O feio de dez anos atrás retorna sendo a peça mais cobiçada do momento, até que surge outra peça no lugar e ela vai para o fundo da gaveta, lugar onde seu dinheiro foi junto.

Até que ponto nos sujeitamos a tais "febres" que a mídia nos impõe? Quem foi o fulano que sabia que a peça tal seria a mais nova moda nos armários dos leigos? Não, minha cara, não foi previsão do fulano. Foi indução. Somos induzidos a comprar a peça jogada no mercado. Qual a verdadeira conclusão disso? Nós sustentamos o que é moda. Não é nenhum vidente, nem mesmo a mídia. Ela nos induz, mas quem escolhe o que será tendência ou não, será você que lê esse post.

Ainda assim estar na moda não é ter estilo. O que aparece nas televisões, nos desfiles de moda, nas lojas é apenas tudo que fomos alienados a comprar. Você faz um pequeno passeio ao shopping, observa as fast fashions e descobre que blusas de tricô são as únicas coisas que encontra por lá. Todos estão usando, então você resolve comprar uma, porque todos irão ver o quanto é conectada ao que é tendência. O tempo passa e ninguém mais encontra as blusas de tricô, e agora elas dão lugar as blusas de franjas. Você descobre que nunca tinha gostado da blusa de tricô, havia comprado porque em todos os lugares havia alguém usando, mas como as blusas de franjas são a sua cara e a sua cantora predileta estava usando, você comprará uma e irá arrasar no visual. E o ciclo apaixonar, comprar e desiludir começa outra vez.

Não é proibido comprar uma peça que você realmente goste e que esteja na moda também. É desvantajoso fingir que gosta de tal peça porque de vinte pessoas, dezoito estão usando. Acredito que o bacana é descobrir seu estilo próprio. Isso não acontece de uma hora para outra, mas se você comprar alguma roupa que não esteja nas vitrines e no corpo das pessoas, já é sinal de que comprou algo de que realmente gosta.

Ter estilo não é viver a base de ctrl + c, ctrl+v dos looks criados por estilistas, ou dos visuais das it girls. Ter estilo é abusar do que faz você se sentir feliz e até mesmo do insano, que você sabe que os outros não teriam coragem de usar, mas você sim, mesmo sabendo que surgiriam olhares de repulsa. Ter coragem seria o passo um para se sentir bem com o que veste. O passo dois seria usar o que te representa melhor. Mesmo que a sua cantora predileta não esteja usando, mesmo que digam que é brega, mesmo que você tenha que fazer um cursinho de corte e costura para fazer a roupa que te completa. É questão de ter amor pelo que é por dentro e de querer demonstrar essa paixão por si do lado de fora. No final, você descobre que é tão estilosa(o) quanto qualquer it girl que surge nas revistas e que tanta repulsa de olhares curiosos retornará como olhares de admiração por tudo que você se tornou. Por ser você mesma(o)!

Agora eu pergunto: O que é ter estilo para você?

Um comentário:

  1. Acredito fielmente no que Edna Woolman Chase disse: "Moda se pode comprar. Estilo é algo que se deve possuir." e tem uma citação da Nina Garcia que considero super válida também: "Ícones de estilo nunca seguem um líder e nunca obedecem regras."
    Para mim, estilo não se refere apenas a moda, mas é um conjunto de gostos pessoais que refletem no modo de vestir.

    Att,
    Fer | Fashion F

    ResponderExcluir

© Conspirantes - 2014. Todos os direitos reservados.
Criado por: Amanda Montt.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logoimagem-logoimagem-logo
voyeur porn porn movies sex videos hd porno video