8 de set de 2013

Começando a desenhar!

felisque:

(by FRΛNCISCΛ ♦ on Flickr)

Vez ou outra me pedem dicas para desenhar. Dentro e fora do computador. Dúvidas de programas também. Sobre o Inkscape (que é o que eu uso) e tudo mais. Hoje vou dar algumas dicas bem gerais e nos próximos posts vou sendo mais específica e técnica, de acordo com o que vocês forem me pedindo. Esse post tava pronto faz um tempinho, quando fiz esse rabisco (não ficou grandes coisas, não desenho muito bem no iPad, mas é só para ilustrar minha ideia mesmo) umas semanas atrás, mas desenvolvi ele hoje. Esse post e mais mil. O rabisco é para representar algo feito a mão, ok?
Enfim, começando!

Base


É sempre bom começar com bases. Seria o lápis, feito bem de leve. Na hora de fazer sua base, não precisa ser precisa. Procure ver tudo como uma figura geométrica. Tudo é uma mistura de círculos com retângulos e triângulos, etc. Enxergue as formas e desenhe-as primeiro como formas geométricas. Daí vá melhorando aos poucos com o lápis mesmo, aguçando ou arredondando os contornos. Pode ficar torto, não vai sobrar nada da base quando terminar. 
O que ajuda MUITO (principalmente ao desenhar rostos) são as linhas de simetria. Linhas e curvas em geral, para indicar proporção, posição ou apenas para servir de referência. Por exemplo: Eu faria linhas curvas, ao desenhar um rosto, dividindo em direita-esquerda, uma linha curvada entre os lábios e uma no meio dos olhos. Dois semi-círculos na região dos olhos para marcar o lugar das sobrancelhas. É um bom senso de direção para continuar o desenho. Um exemplo que esbocei agora:


Já dá para ver o começo de um rosto, né? Mas não são todos esses traços que devem sobreviver. Muita coisa a ser corrigida, mas o objetivo de uma base é apenas ser tomado como ponto inicial. Tudo pode ser corrigido a qualquer momento.

Colorido

Agora é hora de preencher seu desenho. Procure colorir sempre no mesmo sentido


Terminando de colorir, pegue sua caneta preta (sempre indico a nanquim!) e passe por cima da 'parte mais correta' da base. A base deve ter virado um monte de rabiscos um por cima do outro. Escolha o que preenche melhor o desenho e passe por cima a caneta. Pode explorar outras cores também, mas sugiro começar com a preta ou cinza, ou marrom.


Agora apenas apague o que sobrou da base. Existem borrachas específicas para apagar desenhos, são super fáceis de achar e excelentes para quem tem punho muito firme e acaba usando força demais.


Luz e sombra costuma dar muito trabalho. Vou falar especificamente delas depois.  Mas faça a sobra realçar os contornos. Comece usando tons não muito distantes do tom natural, e sempre puxando para o cinza. É tudo questão de observação. Você pode, por exemplo, ficar horas observando um travesseiro para ver onde a luz marca e onde não. Geralmente os picos de luz ficam logo ao lado da sombra, pois a luz bate melhor onde está mais alto que costuma estar como um relevo. Procure esfumar tanto a luz quanto a sombra para não ficar tão carregado. 


Foi bem uma ideia inicial mesmo. As próximas dicas vão ser feitas com fotos de etapas de desenho à mão e depois, ensino ilustrações no Inkscape, com um guia que vou montar quando tiver mais tempo. O que acharam do post? Querem mais alguns assim?

6 comentários:

  1. Esse programa do qual você tirou print, é o inskape?

    ResponderExcluir
  2. Uma dúvida que surgiu: tem como pintar no inkscape?

    Novembro Inconstante

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Do jeito que eu faço nos meus, sim :~

      Excluir
    2. Sim, no trechy teen tem tutoriais!
      sanduichedeassunto . blogspot . com

      Excluir
  3. Ah, amei o post, gosto bastante de desenhar, meus problemas geralmente são com os olhos e bocas :c mostra como você faz uma hora dessas

    Joy, Acridoce

    ResponderExcluir

© Conspirantes - 2014. Todos os direitos reservados.
Criado por: Amanda Montt.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logoimagem-logoimagem-logo