9 de set de 2013

Coincidência?

Key west

Eu não acredito em destino. Não acredito que tudo acontece porque tem que acontecer e isso não pode ser mudado. Nada é para ser, na verdade. Tudo acontece por uma decisão sua. Um pensamento, uma frase, uma ação. Não é o cosmo. É você. Não dê os créditos e nem jogue a culpa nos outros. É você, sempre foi. Talvez tenha sido sem querer, mas foi. Assim como várias coisas não aconteceram por uma decisão sua. Receio. Medo. Cautela. Ter o cuidado de se proteger de um risco. Uma oportunidade disfarçada de perigo. Ótima tática para ver até onde alguém pode ir para ter o que quer. Te testando sempre.
Não é 'jogar as mãos pro alto e ir para onde a maré te levar', porque ela não vai te levar a lugar nenhum. Na verdade, não tem como se desligar de tudo completamente. Até decidir onde vai almoçar é uma forma de decidir seu dia. Intuição é uma forma de mudar seu rumo. Você marca B na prova mas desmancha, por causa da intuição que mandou marcar C. Intuição erra também.
Mas é nesse dilema entre o planejamento e a espontaneidade é que você fisga – Não 'é fisgada', como gosta de pensar. Você não escolhe as oportunidades ou as oportunidades que te escolhem? Nada cai do céu. Seu terreno é que estava pronto para uma novidade. Você o manteve pronto.
Não é pedindo que se conquista, é agindo. Se você pediu e conseguiu, provavelmente agiu antes. Tudo é apenas mera coincidência. Você foi ao cinema e coincidentemente conheceu seu marido na fila. Coincidência. Da mesma forma que poderia ter mudado de ideia no caminho e ido a uma lanchonete e conhecesse um novo lá. Talvez melhor, talvez não. Não vislumbre tudo com tanto fogo.
As pessoas tem mania de querer complicar e encontrar chaves e ligações em cada fato da vida. Como se tudo tivesse necessariamente a sua conexão. Sua base. Seu sei lá. Mas invés de tentar arrumar justificativa para tudo, por que não simplesmente vive? Tantas pausas no caminho podem te fazer ver lindas borboletas, mas pausas demais te fazem perder o foco. Daí seu objetivo está longe, você está na contramão e indaga que o destino vai fazer acontecer. Chega de desculpas para não agir. Faz por merecer, vai.

8 comentários:

  1. Me lembrou bastante (500) dias com ela...
    O filme termina com uma coisa mais ou menos assim...
    Adorei o texto!
    www.reindicando.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Não sei se posso concordar com vc.. eu acredito que de um jeito ou de outro o destino existe siim,pode até ter sido intervenção de Deus, mais as vezes bate a dúvida se não foi um mera coincidência. Sei lá não sei defender exatamente um poonto de vista. No meu caso aconteceu meras coincidencia que fez com que encontrasse meu namorado na faculdade.. ALgumas decisões que nos dois tomamos sem ser conhecer, algumas coisas ditas que fez com que dps puxasse assunto.. Acredito mesmo que um é entreligado no outro de algum jeito, não sei como. =s


    obs. Tive sorte que ele sabe cozinhar, não vou morrer de fome, pois eu sou uma desgraça na cozinha, já queimei pipoca tbm =/
    fora que pipoca de panela queimei o pano. OMG!! kk



    Agradeço a sua visita no blog e peço desculpas pela demora.
    kisu
    www.eraoutravez.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. aaw! uhauahuah o que eu digo é tipo, assim como foi com seu namorado, poderia ser com qualquer outra pessoa. Talvez alguém que te fizesse mais ou menos feliz, em outra faculdade, ou talvez alguém que resolveu conversar com você antes de sair da escola e duraria anos... Já queimei pipoca de microondas tipo, quase toda vez que faço KKKKK bate essa!

      Excluir
  3. Nunca consegui acreditar em destino
    Essa coisa de que cada um já nasce com a vida certa, nada a ver cara, um dia você pode sair de casa "na hora errada" e ser atropelado, não tem como ter uma hora certa pra tudo
    o ser humano é um bicho que ta sempre tentando arrumar explicação até pra uma gotinha de agua que escorre pelo copo, pensar de mais atrapalha né?
    Novembro Inconstante

    ResponderExcluir
  4. Adorei o texto.
    Basicamente, eu acho que a cada dia que se passa as pessoas colocam na cabeça que precisam de uma "interferência do destino" para saírem da zona de conforto. O que pra mim é pura perda de tempo. Da mesma maneira que eu Acredito também que a intuição também leva a ação. A diferença é que as pessoas esperam que tudo na vida delas aconteçam da maneira que elas fantasiam e esquecem que viver é basicamente tentar. Vai em uma festa (ou sei lá) achando que a primeira pessoa que der de cara é o amor-da-vida para-todo-sempre. Ou então aposta em algo de primeira esperando que aquilo dê certo. No final, se não saí como esperado usam a desculpa do "ah, não era pra ser..". PODE SER QUE NÃO, mas às vezes o que acontece de errado e fora dos planos, foi tudo por influência sua.

    Oitavo Andar

    ResponderExcluir

© Conspirantes - 2014. Todos os direitos reservados.
Criado por: Amanda Montt.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logoimagem-logoimagem-logo